Verdão procura Galo e anima Marcos Rocha: ‘Enceraram minha história lá’

“Houve contato com o Atlético-MG. Estamos tentando a manutenção do Marcos Rocha para a próxima temporada também.” Essa declaração foi dada por Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, minutos depois de o time erguer o troféu de campeão brasileiro. E animou o lateral-direito, único do elenco que ainda não teve o contrato renovado.

Marcos Rocha quer ter o mesmo destino de Jailson, que renovou com o Palmeiras na semana passada (Divulgação)

Foto: LANCE!

Marcos Rocha está emprestado pelo Galo até dia 31, com seus direitos econômicos fixados em 2 milhões de euros (quase R$ 9 milhões). O lateral-direito, que fará 30 anos no próximo dia 11, sente que o próprio clube mineiro, pelo qual foi campeão de Libertadores, Recopa Sul-Americana e Copa do Brasil e tetracampeão estadual (2012, 2013, 2015 e 2017) encerrou sua história ao emprestá-lo para o Verdão neste ano.

Confira abaixo a entrevista exclusiva de Marcos Rocha ao LANCE!:LANCE!: Qual é a importância do título brasileiro?
Marcos Rocha: Estou bastante feliz, né? Já tenho Libertadores, agora coloco o Brasileiro no currículo, com uma grande equipe como o Palmeiras. Agora é projetar 2019 um pouco diferente, tentando ganhar mais títulos. Isso será importante. Nossa torcida tem o desejo da Libertadores e vamos trabalhar para, em 2019, chegar a todas as finais e conseguir mais títulos para ter outra festa bonita. Agradeço à torcida pelo apoio durante 2018. Pode ter certeza de que, em 2019, vamos tentar dar continuidade ao nosso trabalho.

apostilas em pdf opção

Você já está falando em 2019. Vai ficar?
Estou bastante feliz e adaptado ao Palmeiras. Sei que o Palmeiras já fez o primeiro contato com o Atlético-MG. E falo como jogador do Palmeiras porque tenho contrato até o dia 31. Agora é aguardar para a decisão ser boa para mim, para o Atlético-MG e para o Palmeiras para 2019 ser bastante especial.

O seu desejo é ficar?
Sim. O pessoal já sabe a minha vontade. Tenho uma linda história dentro do Atlético-MG, sou muito grato ao Atlético-MG por tudo que fizeram por mim e pela minha carreira. Mas, no ano passado, quando optaram pelo meu empréstimo, senti que foi um ponto final que colocaram na minha história. Eu tinha outros pensamentos vestindo a camisa do Atlético-MG, e todos lá sabiam, mas, naquele momento, ninguém respeitou.

Você sofreu com lesões neste ano e perdeu espaço no Palmeiras…
Projeto mais sorte e menos lesões no ano que vem. Tive uma lesão na panturrilha direita que me deixou quase dois meses afastado, foi bastante chata. Mas o importante foi que o Mayke, a partir do momento em que entrou, conseguiu manter o mesmo padrão de jogo, ajudou bastante os nossos companheiros. Deve ser coroado como o melhor lateral do Brasil. É parabenizar o Mayke pelo trabalho dele também, isso mostra a força do elenco do Palmeiras.

LANCE!

Fonte: PORTAL TERRA – ESPORTES

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *