UE diz que livre-comércio com Reino Unido é possível após Brexit

Representante da União Europeia, Michel Barnier, afirmou que o acordo de livre comércio é único modelo comercial possível entre a UE e o Reino Unido

Por
Estadão Conteúdo

access_time

10 abr 2018, 13h44

Negociador-chefe da União Europeia no processo de saída do Reino Unido do bloco, o chamado Brexit, Michel Barnier afirmou que, diante do posicionamento do governo da premiê Theresa May, o único modelo disponível para o futuro entre as duas partes é “um acordo de livre-comércio”.

Barnier comentava declarações recentes de May, segundo a qual o país deixará o mercado comum e a união aduaneira, mas pretende manter o máximo de liberdade possível no comércio. A autoridade europeia disse que, nesse contexto, outras opções para o comércio podem ser escolhidas, caso a posição britânica mude.

Barnier disse que houve avanço em uma série de temas, inclusive sobre um acordo para o período de transição, de 21 meses, até dezembro de 2020. Há, porém, ainda divergências, entre elas a questão da fronteira com a Irlanda e a Irlanda do Norte, comentou.



Créditos: Exame