Trump tem primeira reunião com novo conselheiro econômico Larry Kudlow

Casa Branca afirma que “mais de quatro milhões de trabalhadores americanos receberam aumentos salariais, bônus e outros benefícios” com reforma tributária

Por
Nicholas Shores, do Estadão Conteúdo

access_time

2 abr 2018, 20h30

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve hoje a primeira reunião com o novo diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow.

Em comunicado à imprensa, o governo americano informa que o encontro, do qual também participou o ex-diretor do conselho, Gary Cohn, foi pautado pela discussão da “agenda de crescimento econômico” de Trump e pelas boas vindas ao conselheiro entrante.

“O presidente está contente de ter o diretor Kudlow a bordo, na sequência de décadas de experiência tanto no setor privado quanto no público, inclusive na Casa Branca sob o presidente (Ronald) Reagan”, diz o texto.

De acordo com a nota, a economia dos EUA “está estourando” sob o comando de Trump. A Casa Branca afirma que “mais de quatro milhões de trabalhadores americanos receberam aumentos salariais, bônus e outros benefícios” devido à reforma tributária aprovada no país em dezembro.

A conclusão do comunicado traz ainda um agradecimento de Trump a Cohn, que está de saída da Casa Branca.



Créditos: Exame