Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn, diz agência

Ex-presidente do conselho da Nissan está preso desde 19 de novembro acusado de irregularidades financeiras

Por
Reuters

access_time

9 jan 2019, 08h51 – Publicado em 9 jan 2019, 08h50

Tóquio – O Tribunal Distrital de Tóquio rejeitou um pedido da defesa de Carlos Ghosn pela soltura do ex-presidente do conselho da Nissan, que está preso desde 19 de novembro acusado de irregularidades financeiras, disse a agência Jiji Press nesta quarta-feira.

Na véspera, Ghosn apareceu em público pela primeira vez desde a prisão e afirmou ser inocente, em audiência judicial.

A atual ordem de prisão contra o executivo expira na sexta-feira.

http://platform.twitter.com/widgets.js(function(d){var id=”facebook-jssdk”;if(!d.getElementById(id)){var js=d.createElement(“script”),ref=d.getElementsByTagName(“script”)[0];js.id=id,js.async=true,js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js”,ref.parentNode.insertBefore(js,ref)}})(document)

Fonte: Exame

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *