Santos perde nos pênaltis e Huila é campeão da Liberta

Não deu para o Santos. O Peixe foi melhor, abriu o placar, mas não conseguiu passar do Huila nos pênaltis e ficou com o vice da Libertadores feminina. No tempo regulamentar, empate por 1 a 1, com gols de Brena e Gavy Santos. Nos pênaltis, as Sereias foram derrotadas por 5 a 3; Angelina não teve tanta sorte e teve a cobrança defendida por Solera. Com o resultado, o Huila garantiu o primeiro título do torneio continental da história da Colômbia.

Santos perdeu título da Libertadores nos pênaltis (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Foto: LANCE!

Logo no primeiro minuto de partida, Brena – que era dúvida para a decisão em Manaus – recebeu na área. A camisa 5 do clube alvinegro deu chute arriscado, soltou uma verdadeira bomba e abriu o placar para as Sereias, sem chance para a goleira Solera.

No primeiro tempo, só deu Santos: o clube administrou a bola e exerceu forte domínio sobre as colombianas. Aos 14 minutos, Maurine cobrou escanteio, mas Carol Arruda cabeceou para o lado de fora das redes. na sequência, Ketlen aproveitou rebote da arqueira após chute de Alanna e balançou as redes, mas jogada foi interrompida por impedimento.O Huila voltou do intervalo com uma postura mais ofensiva. Prova disso é que o empate também saiu no lance inicial: Gavy Santos se deu bem em cruzamento e levou a melhor sobre a goleira Nicole, empatando o duelo na Arena da Amazônia.

E se faltava qualidade, sobrava em raça. As colombianas jamais esconderam que estavam fazendo o jogo de suas vidas – afinal, esta foi a primeira decisão de Libertadores da história do clube.

A segunda etapa foi bem mais equilibrada que a primeira, com boas chances para ambos os lados. Todavia, faltou precisão na hora de finalizar. Fim de tempo regulamentar e a glória da América seria decidida nos pênaltis.

Decisão nos pênaltis
As emoções dos pênaltis fizeram a torcida segurar a respiração até o último chute. Rodallega abriu as cobranças para o Huila, Maurine empatou e Stabile e Camila converteram na sequência. Frustrada, Nicole esbravejou ao não conseguir defender, por pouco, a cobrança de Vallejos. Juliete também marcou para as Sereias da Vila.

Cometti fez 4 a 3 para o Huila, que celebrou ao ver Angelina perder na sequência; no lance, a goleira Solera fez grande defesa. Ricón, na sequência, marcou o gol do título.

LANCE!

Fonte: PORTAL TERRA – ESPORTES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *