Novo estatuto da Transpetro permite venda da empresa, diz membro do CA

Petrobras está vendendo ativos para reduzir dívida bilionária, mas decisão do STF no início de julho condicionou as vendas à aprovação do Congresso

Por
Estadão Conteúdo

access_time

16 jul 2018, 22h20 – Publicado em 16 jul 2018, 22h19

Rio – A representante eleita pelos trabalhadores no Conselho de Administração da Transpetro, Fabiana dos Anjos, alertou nesta segunda-feira (16) que o novo estatuto da Transpetro, aprovado na última sexta-feira, abre caminho para a privatização da subsidiária da Petrobras. Segundo ela, o novo estatuto retirou um artigo que garantia a manutenção do controle da Transpetro pela estatal.

“Na minha visão, a retirada deste artigo abre precedente para a venda Integral da Transpetro ao capital privado, o que impactará diretamente na qualidade do emprego de sua força de trabalho, entre outras consequências a serem debatidas com a sociedade, devido a Transpetro fazer parte do Patrimônio Nacional e ser de interesse público, como subsidiária Integral da Petrobras”, afirmou Fabiana dos Anjos no site da Federação Única dos Petroleiros (FUP).

De acordo com Anjos, foi o seguinte o artigo tirado do estatuto: “Art. 8º – As transferências de ações ordinárias com direito a voto, ou as subscrições de aumento do capital por outros acionistas, na hipótese de deixar a Companhia de ser uma subsidiária integral, não poderão reduzir a participação da Petróleo Brasileiro S.A.- Petrobras a menos de 50% (cinquenta por cento) mais uma ação ordinária, representativas do capital votante da Companhia”.

A Petrobras está vendendo ativos para reduzir uma dívida bilionária, mas foi atropelada por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), no início de julho, que condicionou as vendas à aprovação do Congresso Nacional.

Procurada, a Transpetro não respondeu imediatamente ao Broadcast.

http://platform.twitter.com/widgets.js(function(d){var id=”facebook-jssdk”;if(!d.getElementById(id)){var js=d.createElement(“script”),ref=d.getElementsByTagName(“script”)[0];js.id=id,js.async=true,js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js”,ref.parentNode.insertBefore(js,ref)}})(document)

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *