Novidades! – O crescimento do PIB brasileiro e os concursos

Olá, alunos do Gran Cursos Online, tudo bem?

Na última sexta-feira, 30 de novembro, foi divulgado o desempenho da economia brasileira no terceiro trimestre desse ano, o PIB. Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 1,3%.

Só para que você lembre (se você foi meu aluno, não pode esquecer nunca), o PIB, ou Produto Interno Bruto, mede o valor de mercado de todos os bens e serviços finais produzidos em um país em um dado período de tempo. Para fins de análise em economia, sempre analisamos o comportamento do PIB em relação ao mesmo período do ano anterior.

Nesse sentido, estamos, lentamente, voltando a crescer. Isso significa que não apenas o consumo das famílias aumenta, mas também se observa crescimento na indústria de transformação (1,6%) e nos serviços (alta de 1,2%). No período entre julho e setembro de 2018, os impostos sobre produtos líquidos de subsídios também cresceram, e a arrecadação avançou em 1,3%.

Logicamente, não se pode dizer, nem de longe, que as coisas estão bem, já que estamos vindo de um longo e intenso inverno de recessão. O grande ponto é que estamos, finalmente, fincando o pé e começando a andar para frente com mais segurança. O quadro abaixo, retirado da apresentação do IBGE, mostra isso:

Assim, apesar de sermos puxados pelo consumo das famílias (que representam mais de 60% do PIB pela ótica da despesa), conseguimos ver crescimento em outros itens de demanda agregada, como a formação bruta de capital fixo e as exportações, que cresceram, respectivamente, 7,8% e 2,6%, sendo a primeira puxada por um ajuste metodológico na contabilização das plataformas de petróleo. Sem elas, o crescimento dos investimentos estaria na casa de 2,7%.

No acumulado do ano, o PIB Brasileiro cresce 1,1%, e o governo espera que chegue a um crescimento de 1,4% no final de 2018. De acordo com o Boletim Focus, as principais instituições financeiras apontam para um crescimento de 1,39%.

E em que tanto número impacta na nossa vida de concursos?

A resposta é mais simples do que você imagina. Com a retomada do crescimento da economia, há uma expansão da produção que aumenta o consumo, que leva ao avanço na renda e na arrecadação dos impostos. Sim, impostos, os quais, como vimos, cresceram a sua arrecadação em 1,3%.

É justamente esse incremento nos impostos que traz o famoso espaço fiscal, uma “vaga” no orçamento que permite que novos concursos possam ser realizados. Assim, meus queridos, quando virem que o PIB está crescendo e que, com ele, há uma retomada na arrecadação dos impostos, fiquem felizes, é um indício de que teremos mais folga orçamentária para a realização das provas de concursos. Veja que isso independe do alinhamento político – tenho dito muito isso por aqui -, esse movimento é o natural de uma economia que está, novamente, ajustando-se.

Ainda não se pode dizer que os anos dourados dos concursos estão de volta, mas é possível dizer, com certeza, que o pior já passou. Sigamos de olho nas tendências da economia.

Gran Abraços,

 


Amanda Ayres – Assessora de Economia do Governo do Estado de Pernambuco, autora de livros em economia. Comentarista de Economia da rádio CBN. Doutora em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco com extensão na Université Laval, Canadá. Mestra em Economia também pela UFPE com dissertação premiada no III Prêmio de Economia Bancária pela Federação Brasileira de Bancos. Economista pela UFPE, com extensão universitária na Universität Zürich, na Suíça.

 

 


 




http://platform..com/widgets.js(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src = “http://connect..net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect..net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.8&appId=1631300843807094”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘-jssdk’));

Crédito:

Gran Cursos Online

Faça o download do material agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *