Melhor Direção: Como avaliar câmbios automático e manual

No sétimo episódio da série sobre o test-drive perfeito, entenda como avaliar qual tipo de câmbio é mais adequado para sua rotina e seu estilo de direção

Por
Abril Branded Content

access_time

2 out 2018, 14h46

Números de potência e torque do motor são importantes, mas o câmbio também é responsável pelo desempenho do carro.

Não esqueça de levar em consideração seu uso: para quem pega muito trânsito, o câmbio automático pode ser a opção mais confortável que o manual. O comportamento de cada um deve ser analisado de formas diferentes.

Se o câmbio for manual, veja se o curso da alavanca agrada e se as trocas são suaves, feitas sem esforço e passam sensação de precisão. Procure, ainda, simular retomadas sem mudar de marcha. Isso pode mostrar se o motor pede muitas reduções de marcha.

Se o carro for automático, fique atento à forma como o carro embala, se é rápido ou demora a responder a pressão no pedal. As trocas devem ser rápidas e o carro não pode mostrar indecisão. Teste, ainda, as trocas manuais, se houver, e se o câmbio responde rápido aos comandos.

Confira aqui o guia completo do test-drive perfeito.

E, para saber mais sobre a campanha Melhor Direção e agendar um test-drive, clique aqui.

http://platform.twitter.com/widgets.js

Fonte: Revista Quatro Rodas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *