Maionese caseira é uma delícia, mas exige cuidados

Os dias quentes trazem uma preocupação extra com a alimentação. Maionese é uma delícia, mas pode transformar-se na vilã da festa. O segredo é a conservação, principalmente na época do calor. Cozinhe os ingredientes no dia e tempere na hora de consumir. Não coloque ovos cozidos e evite misturar presuntos e salsichas. Prefira os legumes.

Se colocar frango, cozinhe a carne bem e evite reaproveitar sobras. De preferência, faça a quantidade de maionese que será consumida numa refeição. Evite guardá-la, quanto muito do almoço para o jantar e na geladeira. Se você tem muitos convidados para um churrasco, por exemplo, e tem que fazer em grande quantidade, prepare na hora e guarde na geladeira em vasilha fechada.

Sobras

Sirva aos poucos, conforme as pessoas consumirem para evitar que toda a maionese fique exposta ao calor durante a festa. Acabou o evento e sobrou bastante? Não ultrapasse os limites do bom senso. Se já ficou fora da geladeira há muito tempo, não coloque sua família em risco.

apostilas em pdf opção

Melhor jogar fora do que alguém ficar doente. Todo cuidado é pouco porque a bactéria se prolifera rapidamente e, mesmo bem contaminada, a maionese continua com ótima aparência, excelente cheiro e gosto inalterado por isso é tão perigosa. Pode causar a morte.

Caseira x industrializada

A maionese caseira é uma delícia. Entretanto, muito mais perigosa do que a industrializada, comprada no supermercado, que tem em sua composição ingredientes específicos contra a deterioração e proliferação de bactérias.

Pode ser consumida, mas cuidado redobrado. A recomendação é fazer e consumir. Nada de colocar em um vidro e guardá-la para comer com pão posteriormente.

Fonte: PORTAL TERRA – SAÚDE

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *