Imposto de Renda 2018: confira como acessar o extrato da DIRPF – Imposto de Renda 2018

Brasil Econômico


Imposto de Renda: código de acesso gerado pela Receita Federal vale apenas por dois anos
shutterstock

Imposto de Renda: código de acesso gerado pela Receita Federal vale apenas por dois anos

De acordo com o último levantamento da Receita Federal (RF), mais de três milhões de contribuintes já enviaram a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2018, ano-base 2017. E uma pergunta que pode estar na cabeça de muitas pessoas é sobre como a Rceita processa tantas declarações enviadas.

Leia também: Quando vale a pena contratar alguém para fazer a declaração do Imposto de Renda?

Para consultar o resultado do processamento, é preciso acessar o Extrato da DIRPF
(Extrato do Processamento da Declaração do Imposto sobre a Renda Pessoa Física), com esse documento em mãos, o declarante do Imposto de Renda
também pode:

  • Verificar se o pagamento mensal das quotas do Imposto de Renda está sendo feito corretamente;
  • Imprimir o Darf atualizado para pagamento de quotas;
  • Solicitar, alterar ou cancelar o débito automático das quotas;
  • Indentificar e parcelar débitos que estiverem em atraso;
  • Solicitar o Pedido de Pagamento de Restituição (PERES).

Entretanto, antes de poder fazer tudo isso, o contribuite precisa ter em mãos um código de acesso
que pode ser gerado da seguinte forma (caso ainda não tenha sido feito):


Onde Encontro
Reprodução

Onde Encontro

Pronto? De todos aqueles itens da lista ordenanos em ordem alfabética, você vai clicar em “Código de Acesso” e, em seguida, aparecerá uma tela como a mostrada acima. Em seguida, clique na opção destacada abaixo.


Código de Acesso ao Portal e-CAC
Reprodução

Código de Acesso ao Portal e-CAC

Outra lista aparecerá, então clique na primeira opção, “Gerar código de acesso para pessoa física”, e preencha os dados pedidos pela Receita Federal. Assim que finalizar a etapa, clique em “Avançar”.

Agora, a Receita irá te pedir mais dados e os números dos Recibos IRPF (excluindo-se os dois últimos algarismos) e também para pedirá para ler as instruções a fim de gerar uma senha, que deve ter de oito a 15 caracteres, contendo números, letras maiúsculas e letras minúsculas. Em seguida, clique em “Gerar código” e o anote em um lugar seguro junto da senha.


Acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC)
Reprodução

Acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC)

Clique no “Acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e – CAC). Preencha, novamente, os dados solicitados, que é o CPF/CNPJ, código de acesso e senha e avance.

Vale destacar que o código de acesso é válido por dois anos. Depois desse prazo ele é revogado automaticamente. Mas, a qualquer momento, pode-se gerar um código novo, mesmo que o atual esteja válido. A possibilidade pode ser muito útil para o contribuinte que esquecer a senha ou perder o código, não é mesmo?

Extrato do DIRPF

Agora, finalmente, vamos para o Extrato do DIRPF. Lembra-se daquela lista enorme para gerar o código de acesso, que está organizada em ordem alfabética? Volte lá e clique em “e-CAC”. Irá aparecer uma tela assim:


e-CAC: não deixe de preencher os campos corretamente
Reprodução

e-CAC: não deixe de preencher os campos corretamente

Assim que a página for carregada, clique no ícone “Declarações e Demonstrativos”, no canto superior direito da tela. Uma seção extra na cor laranja aparecerá embaixo dos botões de cor azul.

Em seguida, escolha o ano da declaração e selecione a opção “Extrato” no título “Situação” que fica bem ali no cantinho direito da pequena tabela. Prontinho! Agora é só conferir o Extrato do DIRPF que é assim:


Extrato do DIRPF
Reprodução

Extrato do DIRPF

Ah! Mais uma coisa, não se esqueça que o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda vai até as 23h59min59s do dia 30 de abril, certo?

Créditos:

IG – Brasil Econômico

%d blogueiros gostam disto: