Fabricante chinesa de drones DJI diz que funcionários inflaram custos de peças

A fabricante chinesa de drones DJI Technology, que está promovendo uma investigação sobre supostos atos de corrupção cometidos por funcionários, afirmou nesta segunda-feira que o caso envolveu empregados que inflaram o custo de componentes para ganho pessoal.

Drone em loja da DJI em Hong Kong, na China 22/09/2016 REUTERS/Bobby Yip

Foto: Reuters

A companhia estima que tais incidentes poderão custar à empresa até 1 bilhão iuans (147 milhões de dólares), mas afirmou que “não vai incorrer em prejuízo em 2018”.

Na sexta-feira, a DJI informou em comunicado que estava “investigando casos graves de corrupção na companhia que levaram a perdas de mais de 1 bilhão de iuans em 2018”.

Procurada, a DJI não deu mais detalhes.

apostilas em pdf opção

Reuters
Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

Fonte: PORTAL TERRA – TECNOLOGIA

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *