Ex-goleiro da seleção mexicana é condenado a 75 anos de prisão

Omar Ortiz vai cumprir pena por participação em três sequestros

Por
EFE

access_time

9 jan 2019, 16h20

O ex-goleiro Omar Ortiz, que defendeu a seleção mexicana, foi condenado nesta quarta-feira, 9, a cumprir pena de 75 anos de prisão pelo envolvimento em três sequestros. O ex-jogador, de 42 anos, se aposentou em 2010, após ser flagrado em exame antidoping.

apostilas em pdf opção

O juiz responsável pelo caso considerou Ortiz como responsável pelos três crimes, incluindo o rapto de um menor de idade. Com isso, o jogador não poderá recorrer para tentar reivindicar a redução da sentença. Além de Ortiz, foram condenados quatro outros envolvidos nos sequestros, em penas que variam de 50 a 75 anos de prisão.

Ortiz foi goleiro dos clubes mexicanos Monterrey, Celaya, Necaxa, Jaguares e Atlante, além de ter disputado uma partida com camisa da seleção do México em 2002, durante a campanha na Copa Ouro da Concacaf, na qual os mexicanos alcançaram as quartas de final.

http://platform.twitter.com/widgets.js

Fonte: Revista Saúde

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *