Estado Islâmico diz que bombardeou mesquita xiita afegã

Em comunicado divulgado por sua agência de notícias, grupo disse que cerca de 150 xiitas e membros das forças de segurança foram mortos ou feridos

Por
Reuters

access_time

4 ago 2018, 17h04

Cairo – O Estado Islâmico assumiu neste sábado a responsabilidade pelo atentado suicida contra uma mesquita xiita no leste do Afeganistão, que matou 39 pessoas e feriu outras 80 pessoas.

Em um comunicado divulgado por sua agência de notícias Amaq, o grupo disse que cerca de 150 xiitas e membros das forças de segurança foram mortos ou feridos no ataque de sexta-feira na cidade de Gardez, na província de Paktia, mas deram poucos detalhes sobre como o ataque foi realizado.

apostilas em pdf opção

O chefe de polícia de Paktia disse que dois militantes vestidos com burcas realizaram o ataque à mesquita, onde mais de 100 pessoas se reuniam para orar.

Os militantes do Estado Islâmico veem os muçulmanos xiitas como hereges.

O grupo assumiu a responsabilidade por uma série de ataques contra mesquitas xiitas, instalações de segurança e civis no Afeganistão nas últimas semanas, à medida que aumenta a pressão para as negociações de paz entre o governo apoiado pelo Ocidente e o Taliban.

http://platform.twitter.com/widgets.js(function(d){var id=”facebook-jssdk”;if(!d.getElementById(id)){var js=d.createElement(“script”),ref=d.getElementsByTagName(“script”)[0];js.id=id,js.async=true,js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js”,ref.parentNode.insertBefore(js,ref)}})(document)

Fonte: Exame

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *