De olho na Sul-Americana, Bota dará rodagem ao elenco contra o Boavista

O Botafogo entrará para a partida deste domingo, contra o Boavista, em Bacaxá, ciente da não possibilidade de classificação às semifinais da Taça Guanabara. Quanto à tabela, o duelo servirá para tentar sair das últimas posições da classificação geral. Já em relação ao fator anímico, será fundamental para Zé Ricardo gerar testes, visando as “decisões” de fevereiro – a primeira já será na quarta, contra o Defensa y Justicia-ARG, pela Sul-Americana.

Como Zé Ricardo ainda não sinalizou quais serão as alterações previstas, ditas na entrevista coletiva pós-derrota para o Resende, o LANCE! sublinha as apostas mais prováveis do treinador para este fim de semana – isso no caso dele não poupar todos que iniciaram o jogo contra o time do Sul Fluminense.

– Vamos ter que fazer alguma alterações, seja de peças de jogadores, esperar que a gente tenha uma atuação melhor contra o Boavista. A questão de tentar propor o jogo, insistimos, mas temos tido muitas oportunidades. Não temos outra receita que não trabalhar bastante.

OS CINCO PROVÁVEIS TESTES

HELERSON (ZAGUEIRO)

Helerson, Wenderson e Leandro Carvalho: trio deve ter chance contra o Boavista (Fotos:Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Foto: Lance!

Helerson atuou na estreia. E só (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Aos 21 anos, Helerson iniciou a temporada como titular – além de ter realizado toda a pré-temporada entre os 11. Criado na base do Alvinegro, o zagueiro canhoto teve a primeira chance na estreia da equipe no Campeonato Carioca.

Helerson, contudo, não teve uma boa atuação e ainda viu o Botafogo sair derrotado para a Cabofriense, por 3 a 1. Desde então, foi para o banco de reservas, enquanto Gabriel assumiu o posto de titular – e tem ido bem.

Agora, como Zé Ricardo pensa em promover mudanças, é possível que Helerson ganhe uma nova chance, tendo em vista que Carli está lesionado e Marcelo Benevenuto e Gabriel têm atuado e ficado expostos nos últimos jogos.

JONATHAN (LATERAL-ESQUERDO)

Jonathan, contra o Flamengo: atuou 59 minutos em 2019 (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Substituto imediato de Gilson, Jonathan teve uma oportunidade de ouro para estrear nos profissionais do Bota. A chance surgiu quando o experiente lateral-esquerdo ficou suspenso para enfrentar o Flamengo. Jonathan, assim, assumiu a bronca e demonstrou personalidade, enquanto teve condições físicas.

Saiu na segunda etapa, dando lugar a outro garoto oriundo da base: Lucas Barros. Contestado, Gilson está com 32 anos e pode ser poupado para atuar contra o Defensa y Justicia, na próxima quarta-feira. Ou seja, pela última rodada da Taça Guanabara e sem pressão, oportunidade ideal para Jonathan ratificar o seu potencial e pedir passagem no setor.

apostilas em pdf opção

WENDERSON (VOLANTE)

Wenderson jogou as duas primeiras entre os 11 (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Titular nas duas primeiras partidas da temporada, Wenderson só conseguiu ter mais destaque no segundo jogo, contra o Bangu. Na estreia, assim como Helerson, ficou devendo – o que é natural, pelos aspectos naturais da idade.

Aos 20 anos, Wenderson já não tem mais idade de juniores e, por isso, precisa mostrar serviço em todas as oportunidades que tiver na equipe principal. Contra o Resende, o volante entrou no decorrer do jogo, uma vez que Jean estava esgotado fisicamente.

Até por Jean ter se reapresentado depois e ainda estar longe das melhores condições físicas, é bem possível que Wenderson inicie como titular de novo.

BOCHECHA (VOLANTE)

Bochecha, contra o Bangu (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Titular em 17 das 19 partidas que atuou em 2018, Bochecha é um jogador importante na avaliação de Zé Ricardo. Aos 22 anos, o meio-campista costuma atuar como segundo homem do meio-campo e, neste início de temporada, conviveu com um contratempo: durante as férias, foi submetido a uma artroscopia para corrigir pequenas alterações.

Gustavo começou a treinar com o grupo mais tardiamente. Neste ano, só entrou em campo no duelo contra o Bangu, pela 2ª rodada da Taça Guanabara, nos minutos finais. Como Alan Santos está abaixo fisicamente, pode ser que Bochecha inicie contra o Boavista no lugar do jogador ex-Coritiba – que passou por um longo período de inatividade em 2018.

LEANDRO CARVALHO (ATACANTE)

Leandro retorna de empréstimo (Foto: Vitor Silva / SS Press / BFR)

Leandro Carvalho foi contratado no início de 2018 e, muito por causa de lesões em sequência, não conseguiu engrenar com a camisa do Alvinegro carioca. Com isso, pediu para retornar ao Ceará, por empréstimo, e foi destaque por lá.

O atacante de 23 anos voltou com um novo status e teve, no primeiro jogo, a oportunidade entre os titulares, porém depois, com a confirmação de um novo empréstimo de Erik, passou a ser reserva. Entrou contra Bangu e Resende, sempre nas retas finais dos jogos.

Contra o Boavista, pode ser que Leandro Carvalho atue na vaga de Luiz Fernando ou do próprio Erik em uma das pontas do ataque. Em tempo: Gustavo Ferrareis também deve ter espaço pelos flancos.

Lance!

Fonte: PORTAL TERRA – ESPORTES

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *