Datafolha: Lula perde votos após prisão; sem o petista, Bolsonaro e Marina empatam na liderança

Lula

(José Cruz/Agência Brasil)

SÃO PAULO – Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (15) pela Folha de S. Paulo mostrou que a prisão do ex-presidente Lula diminuiu o apoio do eleitorado e elevou a desconfiança da candidatura presidencial. O levantamento apontou o petista com 31% das intenções de voto no cenário mais favorável entre nove pesquisados. No fim de janeiro, Lula tinha até 37% das intenções de voto.

Nos cenários sem Lula, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) ficam empatados na liderança. Ele tem 17% das intenções de voto, e ela oscila entre 15% e 16%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Ciro Gomes (PDT) possui 9% em todos os cenários sem Lula, empatado com Geraldo Alckmin (PSDB), que varia de 7% a 8%. Já o ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa – que entrou no PSB, mas ainda não se lançou candidato – oscila entre 9 e 10%.

O levantamento foi realizado com mais de 4 mil eleitores de 227 municípios, entre 11 e 13 de abril.

Quer comprar ações e ainda pagar a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Já os dois nomes do PT cogitados para substituir Lula têm desempenho fraco. Fernando Haddad tem 2% das intenções de voto e Jaques Wagner tem 1%. Os dois candidatos de esquerda que ficaram ao lado de Lula nas horas que antecederam sua prisão têm resultados bastante parecidos: Manuela D’Ávila (PC do B) consegue no máximo 2% e Guilherme Boulos (PSOL) chega a 1%.

O presidente Michel Temer (MDB) possui 2% das intenções de voto e o ex-ministro Henrique Meirelles não passa de 1%.

 

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: