Confira! – Banca definida para o novo certame

O pregão eletrônico para a escolha da organizadora do Concurso Guarda Municipal de BH está finalizado. De acordo com o site oficial do pregão, a Fundação Guimarães Rosa, FGR, foi a vencedora e deve organizar o certame.

Agora, a Prefeitura de Belo Horizonte aguarda somente o parecer jurídico para publicar a dispensa de licitação.

No total, oito instituições disputaram a licitação para organizar o concurso, no pregão eletrônico realizado no dia 13 de novembro.

Abaixo você confere o resultado do pregão:

Confira a seguir os nomes de todas as bancas que concorreram à licitação:

1) Fundação Guimarães Rosa  (vencedora)
2) Fundação Cefetmis
3) Instituto AOCP
4) Ethos Concursos
5) Consulplan
6) Integri Brasil
7) Inaz do Pará
8) CKM Serviços

O Concurso Guarda Municipal BH teve comissão formada no dia 27 de janeiro deste ano. Agora com a definição da banca, a previsão é que o edital saia em breve.

Espera-se que sejam oferecidas 2 mil vagas para guarda municipal de 2° classe, cargo de nível médio para ambos os sexos.

As remunerações para a função poderão chegar a R$2.942,72, já incluindo o vale-refeição de R$350, a Gratificação por Disponibilidade Integral (GDI) de R$294 e o adicional por exercício de atividade de risco de R$578. A jornada de trabalho é de 44h semanais. Dentro da corporação, a função máxima é de Superintendente, cuja remuneração ultrapassa a casa dos R$ 8mil.

A Guarda Municipal de BH

Criada em 2003, com base na Lei Municipal 8.486, e subordinada à Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Patrimonial, a GMBH conta com um efetivo de 2.070 agentes.

Exercendo inicialmente uma função voltada para a defesa do patrimônio público municipal, com patrulhamentos das unidades de ensino, saúde, lazer e demais estruturas da Prefeitura de BH, além de orientar e proteger os agentes e usuários desses serviços, a Guarda Municipal teve seu campo de atuação ampliado, a partir de janeiro de 2017, com base nas determinações da Lei Federal 13.022/2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais no país. A mudança levou a GMBH a se tornar uma Polícia Comunitária Preventiva, empenhada na manutenção da ordem pública também em espaços externos, localizados no entorno dos prédios da Prefeitura.

O último Concurso Guarda Municipal BH

O último concurso de Guarda Municipal de BH ocorreu em 2009, realizado pela Fundação Guimarães Rosa e ofereceu 600 vagas, sendo 570 para os homens e 30 para mulheres. Para este novo certame, a tendência é que a oferta de vagas passe disso, já que, atualmente, a guarda atua com 2.070 agentes, praticamente a metade do efetivo permitido.

As Provas

Desenvolvido em duas fases, com as seguintes etapas:

FASE I: ETAPAS ISOLADAS
1ª etapa consiste de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório;

15 questões de Língua Portuguesa, valendo 30 pontos;
15 questões de Legislação, valendo 30 pontos;
10 questões de Noções de Geografia Urbana, valendo 20 pontos;
10 questões de História de Belo Horizonte, valendo 20 pontos.

2ª etapa consiste de prova de títulos, de caráter classificatório;


3ª etapa consiste de prova de capacidade física, de caráter eliminatório e classificatório.

a) Para homens: barra horizontal, flexão abdominal e resistência aeróbica;
b) Para mulheres: barra horizontal estática, flexão abdominal e resistência aeróbica;

ETAPAS CONCOMITANTES
4ª etapa consiste de exame psicológico, de caráter eliminatório;
5ª etapa consiste de sindicância social, de caráter eliminatório;
6ª etapa consiste de exames médicos, de caráter eliminatório.

FASE II:

Consiste em curso de formação de Guarda Municipal, de caráter eliminatório, realizado em 1 (uma) turma, sendo composta pelos primeiros 570 (quinhentos e setenta) homens e as primeiras 30 (trinta) mulheres classificados na FASE I.

O curso de Formação tem caráter obrigatório e eliminatório, com duração de 520 (quinhentos e vinte) horas/aula.

Gostou dessa oportunidade ??? O Estratégia Concursos já possui cursos para este certame
Clique no link abaixo e confira 

CURSOS GUARDA MUNICIPAL BH 

Conteúdo Programático

Língua Portuguesa

1. Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua:
1.1. Estrutura fonética: encontros vocálicos e consonantais, dígrafo, divisão silábica, ortografia, acentuação gráfica;
1.2. Classes de palavras: classificação, flexões nominais e verbais;
1.3. Teoria Geral da Frase e sua análise: orações, períodos e funções sintáticas;
1.4. Sintaxe de concordância: concordâncias verbal e nominal;
1.5. Colocação de pronomes: próclise, mesóclise, ênclise;
1.6. Pontuação;
1.7. Crase. 2. Interpretação de texto.

Legislação

1. Constituição da República Federativa do Brasil – 1988:
1.1. Título I;
1.2. Título II/Capítulo I;
1.3. Título III/Capítulo IV.
2. Declaração Universal dos Direitos Humanos;
3. Lei Federal n° 8.069, de 13/07/1990 – Estatuto da criança e do Adolescente ECA;
4. Lei Federal n° 10.741, de 1°/10/2003 – Estatuto do Idoso;
5. Lei Orgânica do Município – 1990:
5.1. Título I;
5.2. Título II;
5.3. Título III/Capítulo I, II, III, IV e V;
5.4. Título VII/Artigo 220.
6. Lei Municipal n° 8.198, de 13/07/2001 – Uso de focinheiras em cães na via pública;
7. Lei Municipal n° 8.354, de 24/04/2002 – Lei do “Pit Bul”;
8. Lei Municipal n° 8.616, de 14/07/2003 – Código de Posturas Municipais;
9. Lei Municipal nº 9.011, de 1º/01/2005. Dispõe sobre a estrutura organizacional da administração direta do Poder Executivo e dá outras providências;
10. Decreto Municipal n° 11.566, de 19/12/2003 – Designa Patrono da Guarda Municipal o Embaixador Sérgio Vieira de Melo;
11. Decreto Municipal n° 12.639 de 23/02/2007 – Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos de terceiro grau hierárquico e respectivos subníveis da estrutura organizacional da Administração Direta do Executivo, na Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Patrimonial e dá outras providências;
12. Lei Municipal 9.319, de 19 de janeiro de 2007 – Estatuto da Guarda Municipal de Belo Horizonte.

Noções de Geografia Urbana

UNIDADE I
1.1. Introdução;
1.2. Belo Horizonte, características do município: dimensões; população;
1.3. Concepção urbanística inicial;
1.4. As grandes avenidas dentro do Contorno;
1.5. As principais ruas do centro: características, sentido e nomes.

UNIDADE II
2.1. A expansão da cidade além dos limites da Av. do Contorno;
2.2. Estradas de fazendas que se transformaram em ruas.

UNIDADE III
3.1. As grandes avenidas que saem da Av. do Contorno;
3.2. As avenidas sanitárias: avenidas construídas sobre ou nas margens de córregos e ribeirões;
3.3. As principais avenidas dos bairros.

UNIDADE IV
4.1. Os acessos e saídas da cidade;
4.2. As rodovias federais e estaduais.

UNIDADE V
5.1. Os municípios da Grande Belo Horizonte – características – áreas conurbadas.

UNIDADE VI
6.1. As Secretarias Regionais da PBH; localização e áreas de abrangência.

UNIDADE VII
7.1. Os próprios municipais;
7.2. Tipos; características; localização.

UNIDADE VIII
8.1. Pontos turísticos e Monumentos de Belo Horizonte.

História de Belo Horizonte

UNIDADE I
1. A Fundação de Belo Horizonte:
1.1. Aspectos históricos e políticos de Belo Horizonte – 1897-1930;
1.2. Belo Horizonte e a República Liberal: Elites Dirigentes e o Lugar do Povo;
1.3. O Projeto da Cidade de Belo Horizonte: Vocação Política, Exclusão Social e Positivismo Republicano;
1.4. Os Grupos Sociais e os Conflitos Políticos na Fundação da Cidade de Belo Horizonte.

UNIDADE II
2. Belo Horizonte em Transição à Modernidade – 1930-1980:
2.1. As Fases do Desenvolvimento Econômico de Belo Horizonte;
2.2. Desenvolvimento Econômico e as Questões Sociais, Urbana e Ambiental;
2.3. Evolução Demográfica, Social e Econômica da Nova Cidade.
2.4. O Intervencionismo Estatal e o Desenvolvimento de Belo Horizonte;
2.5. O lugar de Belo Horizonte entre as capitais brasileiras;

UNIDADE III
3. Belo Horizonte Contemporânea: Desafios e Processos no Campo do Desenvolvimento Urbano e Econômico-social:
3.1. Industrialização e Urbanização Belo-Horizontinas: Dilemas Atuais;
3.2. Expansão Industrial e a Face Moderna de Belo Horizonte: Industrialização, Urbanização e Favelização;
3.3. Perspectivas Econômicas e Culturais para Belo Horizonte.

 

 

 

♦Informações do Concurso Guarda Municipal BH

►Data prevista: 2018
►Vagas: mais de 2 mil vagas aguardadas
►Banca: Integri Brasil
►Escolaridade: Nível médio
►Edital do último certame: Guarda-Municipal-BH-2009

Natália Scarano 
Ascom Estratégia
[email protected]

Baixe o conteúdo completo!



Crédito:

Estratégia Concursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *