China deve lançar medidas para manter emprego estável, diz agência Xinhua

A China irá lançar uma série de medidas para manter o emprego estável neste ano, informou neste domingo a agência de notícias oficial Xinhua, citando o Ministério de Recursos Humanos do país.

A China está lutando contra o impacto de uma economia em desaceleração em meio a uma disputa comercial prejudicial com os Estados Unidos, seu maior parceiro comercial, e fontes disseram que planeja estabelecer uma meta de crescimento econômico mais baixa de 6 a 6,5 por cento em 2019, comparado com “cerca de” 6,5 por cento em 2018.

A fim de garantir o emprego, o governo chinês reduzirá o ônus sobre as empresas, disseram funcionários do Ministério de Recursos Humanos e Segurança Social, segundo a Xinhua, acrescentando que a pesquisa sobre os planos para reduzir sua taxa de seguro social seria acelerada.

“As empresas com menos ou zero demissões podem recuperar metade do prêmio de seguro-desemprego do ano anterior”, disse uma autoridade do ministério, citado pela Xinhua, reiterando uma política que foi sinalizada pelo Conselho de Estado, gabinete da China, em dezembro.

apostilas em pdf opção

A Xinhua informou que a taxa de desemprego na China foi de 3,8 por cento até o fim de 2018, com 13,61 milhões de novos empregos criados em áreas urbanas no ano passado, um aumento de 100 mil em relação a 2017.

Em comentários publicados no sábado, o primeiro-ministro chinês Li Keqiang disse que os cortes de impostos planejados para pequenas empresas poderiam dar suporte ao emprego e à estabilidade econômica.


Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

Fonte: PORTAL TERRA – NOTÍCIAS

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *