Central do Abacaxi serve almoço até às 17h aos domingos

Qualquer um que já tenha perdido o horário no domingão sabe o calvário que é achar um lugar pra almoçar depois das 15h. A partir daí, é só sanduba borrachento de fast-food, e olhe lá. Para essa gente sofredora, vai a nossa dica: a Central do Abacaxi atende direto até pelo menos umas 17 horas – e se tiver clientela, eles estendem o horário até 19 horas.

>> Baixa Gastronomia indica: bife em duas versões, no pão e à parmegiana

Pierogi da Central do Abacaxi. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

Privilegiar produtos da estação cultivados em pequena escala – seja ele orgânico ou caipira – é o conceito da Central. Com isso, os itens do cardápio podem variar um pouco, o que não deixa de ter seu charme. Quem quiser, pode checar qual vai ser a pedida do dia na página de Facebook delas, mas parte da graça está em chegar lá e ver o que tem para comer – além dos itens fixos, claro. No caso da Equipe Baixa Gastronomia (EBG), foi um espetinho de carne suína com tahine de feijão e outros acompanhamentos, que estava uma maravilha. A Amanda, proprietária da casa, junto com a Camila, contou que uma vez por mês elas também fazem pierogi – uma das preferências desta coluna. Já arranjamos desculpa para repetir a visita.

Preço: Kafta com tahine e salada – R$ 38. Hambúrguer – R$ 25.

 

LEIA TAMBÉM:

>> 10 cidades para conhecer o Brasil pela comida

>> Bocca Lupo aposta em pizzas e drinks autorais com ingredientes italianos

Créditos: Bom Gourmet – Gazeta do Povo

%d blogueiros gostam disto: