Battisti portava documentos falsos na Bolívia

O italiano Cesare Battisti portava documentos falsos no momento em que fora preso, ontem (12), em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. A informação foi divulgada por investigadores da Digos e pelo procurador-geral de Milão, Antonio Lamanna, que está cuidando do caso de Battisti na Itália. Eles divulgaram também que a última localização de Battisti, antes da prisão, era de dois ou três dias atrás, perto do aeroporto de La Paz. Sua trajetória foi acompanhada pelos policiais graças a uma rede sofisticada de intercepção com mais de 15 aparelhos de celular, tablete e computadores.

Battisti portava documentos falsos na Bolívia

apostilas em pdf opção

Foto: ANSA / Ansa – Brasil

Ansa - Brasil
  

Fonte: PORTAL TERRA – NOTÍCIAS

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *