Alimentos que protegem o fígado

O fígado é responsável por quebrar os carboidratos, produzir glicose e desintoxicar o corpo. Ele também armazena nutrientes e cria bile, o que é necessário para digerir e absorver os nutrientes dos alimentos corretamente. Existem muitos alimentos e bebidas que uma pessoa pode consumir para ajudar a proteger o fígado. A saúde dele é vital para a saúde geral e uma disfunção hepática pode levar a doenças do fígado, distúrbios metabólicos e até diabetes tipo 2. Embora possa ser impossível gerenciar todos os fatores de risco, o consumo de certos alimentos e bebidas pode ajudar a promover a saúde desse órgão. O café parece ser bom para o fígado, especialmente porque protege contra problemas como a doença do fígado gorduroso. O consumo de aveia é uma maneira fácil de adicionar fibras à dieta. A fibra é uma ferramenta importante para a digestão, e as fibras específicas como as beta-glucanas da aveia podem ser especialmente úteis para o fígado. Elas ajudam a modular o sistema imunológico e a combater a inflamação, e podem ser especialmente úteis na luta contra a diabetes e a obesidade.

Um estudo de 2015 no World Journal of Gastroenterology observou que o chá verde pode ajudar a reduzir o conteúdo geral de gordura, lutar contra o estresse oxidativo e reduzir outros sinais de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA). Um estudo de 2016 que aparece na revista Advanced Biomedical Research observa que o consumo de alho reduz o peso corporal e o teor de gordura em pessoas com DHGNA, sem alterações na massa corporal magra. Muitas frutas vermelhas escuras, como mirtilos, framboesas e cranberries, contêm antioxidantes chamados polifenóis, que podem ajudar a proteger o fígado de danos, assim como as uvas. Um estudo de 2015 que aparece na revista Complementary and Alternative Medicine baseada em evidências relata que um grande número de alimentos vegetais pode ser útil para o fígado. Estes incluem abacate, banana, cevada, beterraba e suco de beterraba, brócolis, arroz integral, cenoura, figo, verduras como couve, limão, mamão e melancia.

apostilas em pdf opção

Como um estudo do World Journal of Gastroenterology aponta, o consumo de suplementos de peixe gordo e óleo de peixe pode ajudar a reduzir o impacto de condições como a DHGNA. Ele é rico em ácidos graxos ômega-3, que são as gorduras boas que ajudam a reduzir a inflamação. Essas podem ser especialmente úteis no fígado, pois parecem prevenir o acúmulo de gorduras em excesso e manter os níveis de enzimas nele. O mesmo estudo diz que comer castanhas pode ser outra maneira simples de manter o fígado saudável e proteger contra a DHGNA. Elas geralmente contêm ácidos graxos insaturados, vitamina E e antioxidantes. Estes compostos podem ajudar a prevenir a DHGNA, bem como reduzir a inflamação e o estresse oxidativo.

Referência

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25291138

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4499388/

Fonte: PORTAL TERRA – SAÚDE

Download Estrategia Concursos PDF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *