Você está pronto para abrir uma franquia? Veja (e tente responder) 6 questões

SÃO PAULO – O setor de franchising cresce a todo vapor. Dados d ABF (Associação Brasileira de Franchising) apontam que o segmento faturou R$ 56,19 bilhões de janeiro a junho deste ano, alta de 5,4% ante o mesmo período do ano anterior, quando o faturamento total das marcas do franchising atingiu R$ 53,3 bilhões.

Ainda assim, o setor aquecido não é o único requisito para o sucesso do negócio. Além de ter afinidade com o segmento que pretende atuar, ter espírito empreendedor e vontade de sobra para alavancar a franquia, existem algumas perguntas que identificam se você está pronto (ou não) para investir em uma, segundo o gerente geral da Clear Clean, Clóvis Campos, rede de microfranquias no segmento de limpeza residencial e comercial. 

Confira abaixo as perguntas que você deve fazer para si mesmo antes de adquirir uma franquia:

1. Tem recursos suficientes para investir em uma franquia?
Para o candidato iniciar o negócio de forma segura e estruturada, Campos explica que o recomendado é ter pelo menos 80% dos recursos disponíveis para investir na franquia. Os outros 20% poderá obter de capital de terceiros (empréstimos).

2. Você gosta da área que está escolhendo?
É essencial ter identificação com a área antes de investir no negócio. “Se isso não acontecer, certamente, terá um desafio adicional, nos momentos de adversidades, no qual exigirá dele um conhecimento amplo do segmento para poder tomar decisões”, comenta o gerente da Clear Clean. Gostar da área é fator preponderante de sucesso para quem quer não só investir em uma franquia, mas em qualquer negócio ou empreendimento. Ter experiência anterior na área é um grande diferencial. 

3. Terá tempo para cuidar do negócio?
Quanto maior a dedicação, maiores serão as chances do negócio ser bem sucedido tendo em vista que o franqueado pensará no negócio como um todo e também terá velocidade em fazer correções de rotas nos desafios diários da gestão da franquia. 

4. Já pesquisou sobre o setor?
Segundo a ABF, hoje são mais de 2.800 opções de marcas disponíveis para o candidato escolher. Para tanto, ele precisa escolher os segmentos que mais lhe atraem e a pesquisa se faz necessária para filtrar de acordo com a disponibilidade de recursos financeiros do candidato, bem como tipo e tamanho do negócio. 

5. Conhece o seu público-alvo?
A franquia normalmente deixa claro o seu público-alvo para o candidato, mesmo porque, foi deste mercado e conseqüentemente o público-alvo que virou razão para ser replicado o sucesso do negócio e se tornar uma franquia. “Desta forma, o franqueado estudando o mercado terá condições de conhecer o público-alvo”, disse Clóvis. 

6. Tem um plano B, caso não dê certo?
O Plano B pode estar relacionado a continuar com o objetivo de empreender em um negócio ou analisar o mercado em busca de oportunidades de emprego. Normalmente, uma vez empreendendo já despertará o espírito de permanecer nesta área. 

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: