Uber inclui plano de aposentadoria para motoristas nos EUA

(Bloomberg) — Eles podem não ter um plano de aposentadoria, mas os motoristas que trabalham com o Uber nos EUA em breve poderão abrir uma conta de aposentadoria diretamente no aplicativo. Fiel ao estilo do Vale do Silício, a empresa está se associando a outra startup para a iniciativa.

Enquanto enfrenta uma batalha judicial para evitar que os motoristas sejam classificados como empregados, o Uber simultaneamente uniu forças com a Betterment, empresa avaliada em US$ 700 milhões que utiliza consultores robôs, para oferecer a eles planos de aposentadoria individuais. Rachel Holt, gerente regional do Uber para os EUA e o Canadá, disse que a opção não terá cobrança de tarifa no primeiro ano.

O Uber, que se aproximou da Betterment há alguns meses, anunciou na quarta-feira que a opção estará disponível para os motoristas de Seattle, Boston, Chicago e Nova Jersey, com planos de expansão para outras cidades ainda neste ano. Os motoristas que escolherem a opção evitarão um ano de cobranças dos planos individuais, que variam de 0,15 por cento a 0,35 por cento, dependendo do saldo da conta.

O acordo do Uber pode ser o começo do que a Betterment afirma ser um novo segmento a ser explorado pela empresa. O cofundador e CEO da assessoria, Jon Stein, previu o potencial de atrair trabalhadores autônomos em outras partes da crescente economia de “bicos”.

“Estou animado sobre onde podemos chegar a partir daqui, porque este acordo está bastante alinhado à nossa missão de longo prazo”, disse Stein.

Uber - Bloomberg

Créditos: Infomoney – Bloomberg

%d blogueiros gostam disto: