Saiba quando é o melhor momento para investir na segunda franquia

SÃO PAULO – Muitas pessoas que tem franquia, logo após perceber as contas no azul, clientes regulares e lucros, já começam a pensar em abrir uma segunda unidade da mesma marca ou até mesmo tentar outros setores.

Apesar de a multi-franquia ser uma tendência de mercado, já que as franqueadoras veem nisso uma forma de ampliar a marca mais rápido, abrir uma segunda unidade pode ser um passo arriscado se a decisão for tomada por impulso e sem um bom planejamento.

“É preciso ter uma série de cuidados na hora de apostar em uma segunda franquia, como as exigências nos contratos e a localização do ponto comercial, além de ver se você não vai se tornar concorrente de si mesmo com duas marcas diferentes”, explica Germano Leardi Neto, diretor de relações institucionais da franqueadora imobiliária Paulo Roberto Leardi.

Veja alguns cuidados que você precisa ter para saber qual é o melhor momento para investir na segunda franquia:

Conhecer os períodos de pico e de baixa
Tenha certeza que o pico de clientes e lucro que você está tendo na primeira franquia não é apenas um período de alta nas vendas. Alguns setores têm épocas do ano mais lucrativas que outras, por isso é importante conhecer o negócio. 

“Um dos segredos é ter paciência. Antes de investir na segunda franquia, é bom aguardar pelo menos um ano. Assim, é possível detectar os períodos de alta e os de ‘vacas magras’ que o setor atravessa anualmente”, explica.

Distância entre os pontos comerciais
Se você quer investir em uma segunda franquia da mesma marca, provavelmente vai ter que instalar a nova unidade em uma região distante da primeira. Ou seja, você vai ter que se locomover de um lado para o outro para acompanhar o dia a dia da operação das duas unidades. Isso significa desgaste e perda de tempo.

Um caminho para amenizar esse problema é contratar um gerente para administrar uma das unidades. No entanto, enquanto a contratação de um profissional garante o funcionamento de uma franquia, ele se torna uma despesa a mais para o seu capital de giro. 

Outra alternativa é diversificar, apostando em uma franquia diferente da que você já investiu. Dessa forma, você consegue se instalar em pontos próximos e tocar as duas unidades. 

De olho nos contratos
Não se esqueça de dar uma olhada no contrato da primeira franquia. Algumas franqueadoras não permitem que os franqueados invistam em outras marcas por conta da concorrência.

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: