Petrobras vende fatia na Nova Fronteira por US$133 mi | EXAME.com

“Essa operação faz parte do Programa de Desinvestimentos 2015-2016 e será contabilizada para a meta de desinvestimentos do biênio”, afirma a empresa

Por
Reuters

access_time

15 dez 2016, 21h27

São Paulo – A Petrobras fechou acordo com a São Martinho para venda de sua fatia de 49 por cento na produtora de etanol Nova Fronteira, por um valor estimado de 133 milhões de dólares, informou a petroleira nesta quinta-feira.

A Nova Fronteira, joint venture formada pela Petrobras Biocombustível (PBIO) e pela São Martinho (com 51 por cento), tem como principal ativo a Usina Boa Vista, localizada em Quirinópolis (GO), dedicada exclusivamente à produção de etanol.

A Reuters antecipou na véspera, com exclusividade, que o negócio seria anunciado nesta quinta-feira.

“Essa operação faz parte do Programa de Desinvestimentos 2015-2016 e será contabilizada para a meta de desinvestimentos do biênio com o valor de 133 milhões de dólares, com base no preço médio ponderado pelo volume dos últimos 30 dias de negociação das ações da São Martinho”, afirmou a Petrobras em nota.

Com a venda de participação, a Petrobras já alienou ativos no valor de um pouco mais de 11 bilhões de dólares, de um plano que projeta 15,1 bilhões de dólares para o biênio 2015-2016, que tem como objetivo reduzir o endividamento.

Pelo acordo, a PBIO, subsidiária de biocombustível da Petrobras , e os demais acionistas minoritários na Nova Fronteira receberão novas ações ordinárias da São Martinho em substituição e na proporção das ações que detêm no ativo negociado.

A São Martinho, um dos maiores grupos do setor sucroalcooleiro do Brasil, emitirá 24.023.708 ações (representando 6,59 por cento do capital social), dos quais 24.000.000 ações serão destinadas à PBIO e 23.708 ações aos minoritários da Nova Fronteira.

De acordo com o comunicado, uma eventual venda de ações da São Martinho pela PBIO não estará sujeita a qualquer restrição e poderá ser realizada futuramente através de um processo estruturado.

O fechamento da operação está condicionado à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Petrobras tem participações em nove usinas de açúcar e etanol no Brasil, incluindo a joint venture com a São Martinho, bem como participação em cinco usinas de biodiesel.

A Petrobras também iniciou negociações com a Tereos Internacional para a venda da participação de 45,9 por cento da Petrobras Biocombustível na empresa do setor sucroenergético Guarani.

Créditos: Exame

%d blogueiros gostam disto: