O que determina o sucesso de uma franquia?

SÃO PAULO – A maioria dos trabalhadores brasileiros tem o sonho de ter o próprio negócio; e outra grande parte acredita que está é uma maneira de ascender profissionalmente e financeiramente de maneira rápida, com menor esforço e realizando apenas tarefas motivadoras e que nos trarão prazer em executá-las.

O diretor de operações da GOU Franquias Odontológicas, Bruno Magalhães, afirma que esse é um engano muito comum. “Empreender, especialmente em um país como o Brasil, requer esforço e preparo”.

Segundo o especialista, o empresário brasileiro precisa estar apto a lidar com impostos altos e complicados de se entender, leis trabalhistas adversas para quem gera emprego, mudanças governamentais constantes.

“Diante dessas dificuldades, o sistema de franchising apresenta uma grande vantagem ao empreendedor: um formato testado e aprovado. Um produto ou serviço com nome no mercado e já desenvolvido e experimentado pelo franqueador, além de todas as vantagens de se pertencer a uma rede”.

Mesmo assim, o modelo demanda dedicação, o tempo e o esforço para dar certo. O franqueado de sucesso não pode se dar ao luxo de entrar e sair da franquia no horário que lhe convier ou que terá feriados prolongados ou longas férias e funcionários para executarem todas as tarefas que não dão prazer.

“O franqueado de sucesso irá, principalmente no início do negócio, ser o primeiro a chegar e o último a sair. Irá abrir e fechar a franquia diariamente. Terá que ajudar na limpeza, na recepção, na administração da unidade. Barriga no balcão é o requisito”, afirma.

O sucesso acontece nos detalhes e, para isso, o olho do dono precisa estar presente em todas as áreas. Não basta o franqueado fazer tudo o que o franqueador manda. É preciso fazer o que, como, onde e quando. Não se pode, por parte do franqueado, alegar desconhecimento do que ocorre dentro da própria unidade. 

“Outro engano comum é achar que o pior já passou quando se inaugura a loja e que agora a parte chata de lidar com obras, adaptações e atrasos já ficou para trás”, explica.

Portanto, longas horas de trabalho, dedicação, superação dos próprios limites e gostar do que faz, para poder fazer a exaustão, são alguns dos fatores que o franqueado de sucesso pode aguardar. Fatores esses que são totalmente diferentes do mito de ser seu próprio chefe. 

O Boticário - Franquia - Negócios 2

Créditos:

Infomoney

%d blogueiros gostam disto: