Nissan Murano é considerado instável em teste de colisão

O Latin NCap – instituição que avalia a segurança de veículos comercializados na América Latina e no Caribe – revelou hoje (15) os últimos resultados de 2016. Nessa bateria de testes, foi avaliado o Nissan Murano, SUV feito nos Estados Unidos e equipado com sete airbags. Ele obteve duas estrelas de proteção para adultos e quatro estrelas para crianças.

Leia mais:
Teste de colisão carro contra carro aprova Nissan Versa 
Toyota Hilux quase capota em teste sueco 
Fiat Palio ganha apenas uma estrela em novo teste de colisão 
Veja os carros mais seguros do País segundo os testes de colisão 

Segundo a instituição, ele mostrou boa proteção para cabeça e pescoço dos ocupantes da frente. Contudo, os joelhos do motorista contataram a borda do airbag do joelho, de modo que se o motorista tivesse um tamanho maior ele poderia impactar contra estruturas perigosas no painel. O mesmo pode ocorrer com o passageiro. Outro ponto criticado é que os pés foram expostos a feridas graves e a tíbia esquerda do motorista mostrou uma proteção pobre devido à deformação dessa área, sendo incapaz de suportar cargas maiores. Por isso, a estrutura do veículo foi considerada instável.

Foi alertado ainda para o risco de os ocupantes serem ejetados do veículo uma vez que a dobradiça inferior da porta do motorista se separou do pilar. Nos testes de impacto lateral e de poste, os resultados foram adequados, embora o airbag de cortina tenha ficado preso na coluna B, dificultando sua abertura.

Veja abaixo o vídeo o teste com o Nissan Murano:

Balanço de 2016

Neste ano, foram divulgados os testes com os modelos Ford Ranger, Chevrolet Sail (não vendido no Brasil), Peugeot 208, Kia Picanto (versão testada não oferecida no Brasil), BYD F0 (não vendido no Brasil), Fiat Palio e Chevrolet Spark (não vendido no Brasil). Os primeiros resultados de 2016 saíram em abril, já seguindo novas regras mais exigentes para a obtenção de estrelas.

Para conseguir quatro e cinco estrelas, os veículos precisam ter controle de estabilidade (ESC) e ultrapassar o teste de rendimento. A nota máxima de cinco estrelas é concedida somente aos modelos que demostram bom desempenho em impacto frontal, lateral e de poste, além de precisarem ser aprovados nos testes do ESC. Para obter quatro estrelas, eles têm que apresentar bom desempenho em impacto frontal e lateral e passar no teste ESC. E uma vez obtido zero estrela no teste de impacto frontal, o modelo sequer passa pela avaliação de impacto lateral. 

De todos os veículos avaliados em 2016, a maior nota é da Ford Ranger, que teve três estrelas de proteção para adultos e quatro para crianças. O segundo melhor resultado foi do Peugeot 208, com duas estrelas para adultos e três para crianças. Os vídeos com todos os testes podem ser vistos no canal do Latin NCap.

 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros)

Instagram (instagram.com/icarros_oficial)

YouTube (youtube.com/icarros)

Créditos: ICARROS

%d blogueiros gostam disto: