Idade? – Liga Nacional de Basquete

“Voando” no Campeonato Paulista 2017, Larry Taylor se reinventa aos 37 anos, brinca com idade e mira títulos para o Mogi

Quem se lembra do Larry Taylor de 2009, quando chegou ao Brasil para defender o Bauru Basket? Enterradas poderosas, velocidade insuperável e fôlego assustado. O tempo passou, e hoje, aos 37, o basquete do armador do Mogi das Cruzes/Helbor passou por algumas mudanças e adaptações, mas continua fazendo “estrago” e levando as defesas adversárias à loucura.

No início de sua décima temporada em solo verde-amarelo, o norte-americano naturalizado brasileiro tem apresentado um basquete refinado e letal no Campeonato Paulista 2017, em que tem média de 12,7 pontos, a segunda maior do time atrás apenas de Shamell (14,64 pontos por jogo) e 3,4 assistências.

+Confira os confrontos e as datas dos playoffs do Campeonato Paulista 2017

“Estou tentando fazer meu melhor sempre que piso na quadra e espero que o restante da temporada também seja muito bom. Sei que estou ficando mais velho, mas também estou ficando mais inteligente (risos), então a idade tem suas vantagens. Espero fazer um NBB espetacular para ajudar o Mogi a ser campeão”, declarou Larry.

Na partida que tirou a invencibilidade do líder Sesi Franca, o Alienígena foi decisivo no fim e totalizou 11 pontos, cinco rebotes e três assistências. Já na vitória mogiana contra o Bauru Basket, deu um verdadeiro show e registrou expressivos 22 pontos. E por fim, na última partida da primeira fase, marcou 14 pontos contra o EC Pinheiros.

Tricampeão Paulista (dois com o Bauru e um com o Mogi), Larry Taylor tem como principal objetivo levantar a taça do maior Estadual do país mais uma vez. Para ele, além da importância do bicampeonato para o Mogi, a competição é uma grande preparação para o NBB CAIXA.

“O Campeonato Paulista é sempre importante e sempre bem disputado. Fomos campeões ano passado e queremos repetir o título esse ano. Sabemos que o Paulista prepara a gente melhor para o NBB, então vamos com tudo para conquistar o título e chegar no NBB na melhor condição possível”, comentou o camisa 4 mogiano, que jogou uma Olimpíada (2012) e um Mundial (2014) pela Seleção Brasileira.

Desde que chegou ao Brasil, Larry acumula um total de cinco títulos: uma Liga Sul-Americana, uma Liga das Américas e dois Campeonatos Paulistas pelo Bauru, e um Campeonato Paulista pelo Mogi. No entanto, o NBB CAIXA é o único troféu que Larry ainda não tem. Atuando pelo seu ex-clube, o Alienígena chegou à duas Finais e ficou com dois vice-campeonatos. Para a edição 2017/2018, o experiente atleta espera por uma disputa intensa, mas promete a briga pelo tão sonhado caneco.

Dono de 5 títulos no Brasil, Larry mira novas conquistas aos 37 anos (Divulgação/FIBA Americas)

“Espero por um NBB muito equilibrado. A temporada passada já mostrou que nossa liga é muito equilibrada e acredito que esse ano será melhor ainda. Tem muitos times na disputa para ser campeão e todos vão lutar até o final por isso. Sabemos que será difícil, mas também estaremos na luta para levantar a taça na final do campeonato”, finalizou Larry.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca e o apoio do Ministério do Esporte.

Créditos: LNB

%d blogueiros gostam disto: