GRÃO DE BICO O “GRÃO DA FELICIDADE”

Um hábito que eu penso deveria fazer parte do nosso cotidiano, seria acharmos uma brecha na agenda e convidar, habitualmente, um amigo para um café, um Chopp, uma taça de vinho, com o único propósito de jogar conversa fora, falar bobagens, contar piadas e, com isso, não deixar que uma poeira de teclados, fones e sons nos isole de vez, não nos permitindo usufruir também das boas companhias.

No Domingo que passou, lembrei que fazia um tempo que não preparava uma Pasta de Grão de Bico, o conhecido “homus”, tão apreciado pela turma árabe e por uma leva de brasileiros também.

Como é muito simples, o que eu não tinha em casa era apenas o grão de bico, que comprei e assim pude começar a preparar.

grão de bico cruCom 500 grs. de grão de bico que vem no saquinho, vai dar uma quantidade boa, isto se você tem uma família maior. Mas eu resolvi fazer com a metade, ou seja, 250grs., que coloquei para cozinhar na pressão por mais ou menos 1 hora e meia. Ele deve ficar macio e não precisa tirar as casquinhas porque elas são o puro colágeno, tão querido por nós mulheres. Rico desse jeito, o “Grão da Felicidade”, como é conhecido, deveria ser muito mais consumido por nós, isto porque ele possui o mesmo efeito que o chocolate na produção de serotonina, com a vantagem de estar livre das gorduras. Além disso, é rico em ferro, cálcio e zinco (este último, que ajuda o corpo a assimilar e guardar insulina) indicado para os portadores de diabetes. Ótimo para quem faz exercícios porque tem muita proteína.

Uau! Deu pra sentir como grão de bico é tudo de bom, né?

Mas, vamos prepará-lo? Não joguei a água do cozimento fora, porque utilizei uma quantidade parecida com uma concha para ajudar a bater no liquidificador. Ao bater, se sentir que a massa está pesada, pode ir colocando um pouquinho mais daquela água. Deve ficar como um patê. Aí, você vai acrescentar:

Uma cebola média ralada;

Três dentes de alho (deixam um sabor mágico!)

Suco de um limão;

1/2 colher de sopa de sal; (prove para ver se está como você gosta);

Pimenta branca ralada a gosto.

Quando estiver com a consistência desejada, coloque um punhado de gergelim torrado (já vendem em pacotinhos) e em seguida regue com azeite Extra Virgem.  Dê uma última misturada para que fique bem integrado.

Como vê, é muito ‘simplinho’ de fazer.

Depois de pronto, pode colocar em uma terrina, enfeitar com uma ou duas folhinhas de hortelã.

E para degustar? O famoso pão árabe é muito apropriado. Mas se não o tiver à mão, podem ser umas torradinhas de pão integral feitas por você mesma, que também farão o maior sucesso!

Aproveite esta sugestão para aquele “lanchinho” de final de semana de que falamos lá no início! Divirtam-se, porque de bons momentos é feita a vida!

%d blogueiros gostam disto: