Geradoras de energia esperam rombo de R$ 700 milhões em um mês

Gabriel Mascarenhas *

Radar

Sem chuva, hidrelétricas não entregam o que prometem nem recebem o que esperam

Por
Gabriel Mascarenhas

access_time

10 out 2017, 18h45

Fernando Bezerra Coelho receberá nos próximos dias informações atualizadas sobre o tamanho do problema da estiagem.

Representantes das geradoras hídricas vão se reunir amanhã com técnicos do Ministério de Minas e Energia. Hoje à noite, faltará vela para atender às preces do setor.

Por conta dos baixos índices pluviométricos, as geradoras não conseguem entregar a energia prevista em contrato. A questão está sendo discutida na Justiça.

Resultado: sem os megawatts prometidos, estão retidos R$ 3 bilhões na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Durante a reunião de amanhã, o setor dirá que, se a questão não for resolvida, esse montante crescerá 700 milhões de reais ao fim de outubro.

Créditos:

VEJA