Franquia oferece sistemas de portaria virtual para condomínios

SÃO PAULO – Para a segurança de um condomínio, a portaria é quase essencial, mas que pode ter um custo alto na conta de condomínio de cada residente. Foi pensando em reduzir esse custo que a franquia White Proteção e Segurança criou o serviço Portaria Virtual Segura, um sistema com controle de entrada por câmeras e identificação biométrica capaz de reduzir em até 50% as taxas condominiais.

Utilizando sistema, a entrada no edifício ou condomínio fica restrita a moradores e funcionários cadastrados. Quando algum visitante chega ao prédio e toca o interfone, a chamada é direcionada para a residência, que também conta com um monitor para a identificação visual. Para cobrir a falta de uma pessoa física na portaria, uma central remota acompanha o que acontece 24 horas por dia.

Em casos de perigo, existe o botão “pânico” que o morador pode acionar com um dedo destinado apenas para isso no leitor biométrico. Quando acionado, um alarme e disparado e a polícia é automaticamente acionada.

“Essa ferramenta é essencial, já que 90% das ocorrências são no momento da chegada ou saída de casa”, contou Delson Ferreira, sócio-diretor da empresa. Ele indica que o modelo é indicado para condomínios de até 50 apartamentos. “Acreditamos que, nos próximos anos, 80% dos condomínios deste porte migrarão para o modelo”, afirmou Ferreira. A expectativa é de que 15 sistemas sejam instalados ainda esse ano.

A empresa já tem 30 anos de experiência no ramo, mas apenas no ano passado adotou o modelo de franchising. “É uma franquia versátil, que se adequa a qualquer cidade com mais de 150 mil habitantes e dispensa experiência prévia na área de segurança”, explicou Delson. O investimento inicial vai de R$ 150 mil a R$ 250 mil com payback de até 14 meses e faturamento mensal estimado de R$ 200 mil.

Portaria virtual

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: