Federação das Indústrias de Minas faz manifesto contra corrupção

Os jornais mineiros desta quarta (14) trazem um manifesto contra a corrupção assinado pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). A entidade propõe um pacto entre todas as autoridades para tirar o país da atual crise política e econômica. Com o título de “Basta”, o manifesto é assinado pelo presidente, Olavo Machado, em nome dos 137 sindicatos filiados da entidade. Leia abaixo a íntegra do texto:

A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, seus 137 sindicatos filiados e os milhares de empresas a eles associadas acompanham, com grande preocupação, o agravamento da crise ética, política e econômica que ameaça o presente e o futuro do nosso país.

Os efeitos são devastadores!

 Os desmandos e o descalabro empurraram o Brasil e os brasileiros para a mais cruel recessão de sua história, com inflação elevada, juros recordes no mundo, taxa de investimento incompatível com a retomada do crescimento, recuo do consumo das famílias e a uma multidão de desempregados de mais de 12 milhões de brasileiros.

 Precisamos de um choque de ética, de brasilidade e de compromisso com o país!

 O primeiro passo é a punição exemplar dos responsáveis por esse cenário de calamidade, ao qual deve seguir-se um patriótico pacto entre os brasileiros – um grande entendimento nacional que assegure ao Brasil e aos brasileiros o acesso a um futuro de prosperidade na economia, de tranquilidade na política e de prevalência da ética.

 Unida no sonho legítimo de reconstruir o país, a sociedade brasileira exige dos governantes – no Judiciário, Legislativo e Executivo – a realização de profundas mudanças estruturais, essenciais à retomada do crescimento, nos campos da política, tributário, da previdência e das relações trabalhistas.

 O Brasil merece, os brasileiros querem e juntos vamos conseguir!

 Esta é a mensagem que se ouve, de forma crescente e cada vez mais candente, quando sintonizamos a VOZ DAS RUAS. 

Créditos:

VEJA

%d blogueiros gostam disto: