Ex-jardineiro lidera equipe de professores e fatura mais de R$ 1 milhão

Cursos Online para Concursos

SÃO PAULO – Com investimento inicial de R$30 mil, a franquia da Top English não exige que o proprietário seja fluente em inglês; mas, muitas vezes, as aulas são ministradas justamente pelo dono da unidade – que não necessita de espaço físico para funcionar.

O modelo da microfranquia oferece materiais pedagógicos para que o franqueado ofereça “a garantia de uma escola física e a flexibilidade de um professor particular”, de acordo com ao materiais de imprensa da marca. O mais interessante é a exclusividade desses materiais: toda a metodologia de ensino foi criada pelo fundador da Top English, Dilson Kossoski. O empreendedor já foi jardineiro, vendedor, balconista e viajou o mundo ensinando inglês.

“Cheguei [nos Estados Unidos] aos 23 anos de idade e fiquei até os 26. O dinheiro era curto, mas consegui uma bolsa de estudos para jogar futebol. Isso me salvou”, diz o empreendedor, que voltou ao Brasil em seguida e depois ainda ensinou a língua inglesa na Itália, Inglaterra e Grécia

O negócio, que já possui cinco franquias e superou, em 2015, a marca de R$1 milhão em faturamento, foi criado quando Dilson percebeu que sua demanda era maior que o que poderia oferecer. Com uma metodologia que ensinava rapidamente – seu irmão aprendeu em apenas três meses a língua – ele passou a ensinar na região Nordeste, onde foi morar e hoje mentora uma equipe de 22 professores.

“Nossa taxa de fidelização do aluno em 2015 foi de 92%. É uma prova de que o modelo funciona. A média de mercado está pouco acima dos 50%. O grande diferencial do negócio está no material pedagógico e na metodologia”, lembra Dilson, que já possui franqueados que comandam equipes com mais de oito professores.

Top English

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: