Entrega de passaportes será restabelecida

SÃO PAULO – A Casa da Moeda Brasileira (CMB) decidiu que vai restabelecer a entrega de passaportes, que estava suspensa desde terça-feira por conta de problemas contratuais com a Polícia Federal, responsável pela logística que envolve este documento. 

Em nota, o órgão disse que “decidiu, pela evolução da negociação do contrato com a Polícia Federal, restabelecer a entrega dos passaportes”. O documento estava desde agosto sem a assinatura da PF. 

Segundo a assessoria de imprensa da CMB, a produção dos documentos estava normalizada. “Produzimos cerca de 15 mil passaportes por dia, a dívida do governo é irrelevante agora para essa produção”, disse uma responsável pela área de comunicação.

Dívida

Por sua vez, o Ministério da Justiça reconheceu que há uma dívida a ser quitada com a Casa da Moeda Brasileira.

“Diante da atual crise que atinge o país, [o Ministério] vem se esforçando para sana-la [a dívida]. No dia 12/12, por exemplo, foram repassados cerca de R$ 8 milhões à Casa da Moeda”, escreveu o órgão em comunicado enviado ao InfoMoney. “O MJC espera que a confecção de passaportes seja retomada”. 

No total, a imprensa afirma que a CMB tem uma dívida de R$ 18,7 milhões. Disso, apenas uma parcela é referente à produção de passaportes, cujos preços subiram depois que novas regras passaram a exigir uma tecnologia mais avançada de segurança. Segundo o MJC, apenas essa porcentagem é de sua responsabilidade. 

Novo passaporte


(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Créditos:

Infomoney

%d blogueiros gostam disto: