De olho no vestibular

A sua idade é a última coisa que importa, se vai prestar vestibular tem que ter em mente pelo menos cinco coisas

   Quantas coisas entram em questão quando chega essa época de vestibular, não é? A pessoa tem que escolher em qual universidade quer estudar, o que quer fazer e como vai conseguir entrar lá. E para dar aquela “pequena assustada”, os vestibulandos ainda se deparam com os simulados das provas que farão no final do ano e veem que terão muitos desafios pela frente.

   Muitos optam por cursinhos pré-vestibulares, geralmente no terceiro ano do ensino médio, outros já começam antes porque sabem que a concorrência é fortíssima e a quantidade de matéria é pesada.

   É mais comum mesmo que as pessoas vejam no cursinho, de uma forma mais ampla e com suporte, como é realmente o “mundo do vestibular”, outras pessoas (às vezes mais velhas) optam por apenas fazer as provas e ver no que dá. Mas ainda assim, é bom deixar claro que há muitas pessoas acima de 40 anos que fazem cursinho sim, mesmo trabalhando, fazem sacrifícios, pois querem ter outra/ melhor qualificação.

   E em cursinhos, não só nos presenciais, por agora existem (e não ficam para trás) cursinhos onlines, os vestibulando conseguem dicas, truques, macetes para conseguir memorizar uma matéria, aprender de um jeito mais fácil já que têm muito conteúdo para estudar e toda aquelas correria de vestibular.

   Então aproveitando que ainda é fevereiro, dá tempo de correr atrás e ir em busca de algo melhor. Aqui vão algumas dicas:

1) DURMA bastante: quem acha que passar a noite estudando é a solução de todos os problemas, está muito mais que enganado. Já foi comprovado que o aluno só tem bom desempenho, seja na escola, ou na faculdade, qualquer lugar, ele precisa ter dormido bem. Veja com quanto tempo você se sente descansado  (a) e durma sempre nessas quantidade, só assim terá um ótimo desempenho tanto ao longo dos estudos, nos simulados, quanto no dia da prova.

2) Leitura obrigatória: faça metas para a sua leitura. Nem adianta acreditar que quando a prova estiver chegando você lerá um resumo na internet porque quem faz isso vê que é o pensamento mais ignorante durante a fase do vestibular. Só quem leu vai conseguir entender o que eles pedem, e só quem leu vai ter a resposta.

3) Intercale as matérias na hora de estudar: Uma hora matemática, ou hora geografia, outra física, outra português e assim vai. Evite empacar em uma matéria só, não vai te fazer bem. Os especialistas indicam que o vestibulando comece a estudar pela matéria que possui um maior conhecimento, porque ele vai ganhando autoestima e animo para querer estudar mais.

4) Tire todas as suas dúvidas: às vezes não dá para tirar a dúvida na hora, ou tem a história da vergonha. Mas o ideal é que nenhuma dúvida fique, porque senão ela volta e te atrapalha depois. Porque também você vai ter outras, e acumular dúvidas não é bom de jeito nenhum.

5) Treine: faça simulados. Não é um, nem dois, nem três. Estamos em fevereiro, as provas começam em outubro mais ou menos, faça dois ou três por mês, no mínimo. Se fizer cursinho, melhor ainda porque lá eles pegam pesado e todo final de semana tem esses tipos de provas para treino. Leve a sério, é o seu futuro.

   São dicas óbvias, mas servem também como “puxão de orelha” nas pessoas que estão deixando a vida passar. A hora é agora, e se você não fizer a diferença, a pessoa do seu lado vai fazer.

%d blogueiros gostam disto: