Conheça as diferenças entre whey protein isolado, concentrado e hidrolisado

Um dos suplementos alimentares mais conhecidos entre os praticantes de atividades físicas, o whey protein é a proteína extraída do soro do leite. E, como diferentes tipos de proteínas, trata-se de um nutriente altamente benéfico para o nosso organismo. Isso porque ele possui um alto teor nutritivo e é uma substância de fácil absorção.

Entre os principais benefícios dessa suplementação, podemos destacar o aumento da massa magra e o auxílio no processo de regeneração da musculatura lesionada durante os treinos. Por ser um nutriente de fácil absorção, tal substância é geralmente consumida após a prática de atividades físicas. No entanto, muita gente tem dúvida sobre qual tipo de whey protein é o mais indicado. Pensando nisso, separamos um guia que ajudará você a entender a diferença entre as três principais versões do suplemento: isolado, concentrado e hidrolisado. Confira!

Isolado

O whey protein isolado possui uma alta concentração proteica. Com mais 90% de proteínas de alto valor biológico, ele é praticamente puro. Além disso, seu índice de gordura e de carboidrato é menor. Nesse tipo, o processo de filtração da proteína é rígido, eliminando as demais substâncias, como lactose, gordura e colesterol, por exemplo.

Concentrado

Com um processo de filtragem básico, esse tipo de whey protein é o mais comum do mercado. Ele concentra um alto índice de nutrientes da substância, como gorduras e carboidratos, e é indicado para quem deseja fazer dieta de redução calórica e aumentar a massa magra.

Hidrolisado

O whey protein hidrolisado é, geralmente, indicado para idosos e pessoas com dificuldades de digestão de proteína. Isso porque essa substância passa por um processo de hidrólise, em que o nutriente é quebrado em inúmeros “pedaços” (chamados peptídeos), garantindo, assim, maior eficiência em absorção. Vale ressaltar, também, que essa versão diminui a possibilidade de causar reações alérgicas.

Por fim, o whey protein é um complemento alimentar de excelente qualidade, com nutrientes fundamentais para a saúde. No entanto, para entender bem os benefícios dessa substância para o seu corpo, bem como a quantidade a ser consumida, recomendamos que você consulte um nutricionista de sua confiança.

%d blogueiros gostam disto: