Como foi o último concurso MPU

O novo concurso público do Ministério Público da União (MPU 2017) está prestes a publicar o edital. O prazo de validade da última seleção (2013) terminou no dia 05 de agosto de 2017.

O certame já está autorizado e conta com comissão interna definida, que no momento trabalha para definição da banca organizadora.

As chances serão para os cargos de Técnico Administrativo (nível médio e salário de R$ 7.260,41) e Analista de Direito (graduados na área e remuneração de R$ 11.345,90).

» Compre agora a Apostila MPU Preparatória e parcele o pagamento SEM JUROS! «

O número de vagas ainda não foi definido, mas a expectativa é de que um grande número de aprovados seja convocado. Atualmente o déficit de pessoal do MPU é de 1.626 servidores, sendo 481 Técnicos Administrativos e 1.145 Analistas em Direito.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a expectativa é de que o edital MPU seja publicado entre os meses de agosto e outubro de 2017.

Hora de estudar

O concurso MPU é sem dúvidas um dos mais cobiçados pelos concurseiros de todo o país, devido aos altos salários e demais benefícios. Pensando nisso, pode-se esperar uma concorrência acirrada, uma vez que no último certame foram registrados quase 300 mil inscritos, sendo a maior parte em busca de cargos de nível médio. Isso significa que, mais do que nunca, é hora de aperfeiçoar a preparação!

De acordo com especialistas em concursos públicos, uma das melhores técnicas de estudo é refazer as provas anteriores.

Por este motivo, a Nova Concursos traz um resumo completo do último certame do Ministério Público da União.

Último concurso MPU

O último certame aconteceu em 2013, na ocasião foram abertas 147 vagas imediatas mais cadastro reserva.

– Para o cargo de Analista do MPU (especialidade: Direito) foram oferecidas 38 vagas, mais cadastro de reserva;

– Para o cargo de Técnico do MPU (área administrativa) foram oferecidas 109 vagas, mais cadastro de reserva.

Importante salientar que até o fim da validade do concurso (05/08/2017) foram chamados 4.121 aprovados, número 28 vezes maior que o oferecido inicialmente. Do total, foram 2.605 Técnicos Administrativos e 1.516 Analistas em Direito.

A distribuição regional das vagas foi a seguinte:

– Cargo de Técnico – Distrito Federal (986), São Paulo (318), Rio Grande do Sul (156) e Rio de Janeiro (131).

– Cargo de Analista – Distrito Federal (571), Rio Grande do Sul (109) e Rio de Janeiro (65).

Edital do último certame

A banca organizadora responsável pelo último concurso foi o Cespe/UnB. As vagas foram divididas em mais de 40 especialidades. Entre as muitas áreas, foram incluídas as de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia, Informática e Saúde, entre outras.

O valor das taxas de inscrição para os cargos de Analista foi de R$ 70,00 e para Técnico R$ 55,00.

O edital MPU foi divulgado no dia 20 de março de 2013. A inscrições tiveram início já no dia 25 de março e foram encerradas no dia 9 de abril de 2013.

As provas objetivas tiveram duração de 3 horas e 30 minutos e foram aplicadas no dia 19 de maio de 2013, no turno da tarde.

Perceba que os candidatos tiveram apenas dois meses entre a publicação do edital e a aplicação das provas.

Provas do último concurso

As provas objetivas foram compostas por 120 itens e estruturadas na forma de certo ou errado. Foi adotado o padrão de pontuação em que o candidato perde ponto caso marque uma afirmativa de forma incorreta.

Confira na tabela abaixo a estrutura da prova objetiva:

Provas-MPU-2013

As disciplinas cobradas na prova para os cargos de Analista foram:

Língua Portuguesa, Informática, Legislação Aplicada ao MPU e CNMP, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito do Trabalho, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Penal Militar, Direito Processual Penal Militar.

Já para os cargos de Técnico:

Língua Portuguesa, Informática, Legislação Aplicada ao MPU e CNMP, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Ética no Serviço Público, Administração, Administração de Recursos Materiais.

A pontuação mínima para atingir a aprovação na prova objetiva foi:

– Ao menos 12 pontos na P1;
– Ao menos 23 pontos na P2;
– Ao menos 40 pontos no somatório de ambas.

Vale lembrar que nem todos os candidatos aprovados na prova objetiva tiveram suas redações corrigidas. Apenas os candidatos com melhor pontuação.

A prova discursiva (apenas para o cargo de Analista do MPU) consistia na elaboração de um texto dissertativo de até 30 linhas, sobre o tema “Legislação aplicada ao MPU e ao CNMP”, valendo 40,00 pontos. O candidato deveria obter, pelo menos, 20,00 pontos na prova discursiva.

Para mais informações acesse a página do Concurso MPU

Há mais de 8 anos no mercado, a Nova Concursos, vem ajudando quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar e garantir sua vaga, conheça nossos materiais, acessando nosso site!

» Compre agora a Apostila MPU Preparatória e parcele o pagamento SEM JUROS! «

Créditos:

Nova Concursos

%d blogueiros gostam disto: