Celulite? Comigo NÃO!

Ninguém gosta de pensar naqueles terríveis furinhos e buraquinhos que deixam a pele com textura de casca de laranja e aspecto feio, mas… A celulite existe e está por aí marcando presença em muitas pernocas.
Na maioria dos casos, ela surge pela união de diversos fatores, como alterações hormonais, flacidez, gordura localizada, retenção de líquido e má circulação. Ai ai ai! Então, como evitar?

Cremes

Uma boa pedida são os cremes! Não podemos enxergá-los como produtos que operam milagres, mas dão uma boa ajuda sim! Os cremes anticelulite em conjunto com hábitos saudáveis ajudam a alisar a pele e deixá-la mais uniforme. Só não vale aplicar o creme uma vez ou outra, quando lembrar. Para tratar de verdade, é preciso seguir as instruções do produto e fazer uso contínuo. Aliás, é recomendável utilizar 2 vezes ao dia durante 2 meses ao começar o tratamento, para poder perceber os primeiros sinais de melhora. Aliar uma boa massagem com o creme também fará toda a diferença! Aumenta o fluxo de circulação da área, aumentando a penetração e poder de ação do produto. Sempre massageie de baixo para cima, alternando movimentos fortes e moderados. 

Intestino saudável

Nosso intestino é responsável pela separação do que deve entrar no nosso organismo (nutrientes) e aquilo que deve ser dispensado (restos alimentares e detritos). E o correto funcionamento desse sistema tem tudo a ver com a celulite, porque um intestino sempre saudável elimina as toxinas e equilibra o organismo, mantendo os furinhos longe de você. Para garantir seu intestino bem regulado, tome no mínimo 2 litros de água por dia e inclua fibras no seu cardápio.

Exercícios físicos

A prática de esportes ajuda a nossa saúde de forma geral. Mas quando pensamos que a atividade física consegue queimar as reservas de gordura e ainda melhorar o sistema circulatório, estamos falando de coisas diretamente ligadas ao aparecimento da celulite. Por isso, se exercitar regularmente é uma medida super eficaz para se manter longe dos furinhos! Atividade aeróbica, caminhadas, andar de bike, dançar zumba… Escolha o que te der mais prazer! E vale lembrar: não se esqueça de investir também na ginástica localizada, porque na medida em que a musculatura aumenta, consegue esmagar a celulite daquela região, não é ótimo?

Alimentação

Essa parte já é bem conhecida da maioria! Legumes ricos em potássio, verduras que esbanjam magnésio, sementes com selênio, frutas diuréticas e muita água é o cardápio para espantar a celulite. Com uma dieta antioxidante, você consegue eliminar as toxinas e deixar sua pele rejuvenescida e saudável.
Fuja de óleos, comidas gordurosas e muito salgadas. Aquele sal a mais no seu prato pode ser gostosinho mas contém sódio, que em excesso causa retenção de água no organismo e causa o inchaço das células. Além disso, procure evitar alimentos como pães, massas, leite e derivados.

Água, água e água


A urina e o suor expelem grande parte das toxinas do nosso organismo. Todo dia eliminamos 1 litro e meio de urina e o equivalente a um copo de água na transpiração. Se não houver hidratação suficiente, esse processo e a sua saúde ficarão comprometidos! A água amolece as fezes, facilitando a eliminação delas e todo esse conjunto, aliado à melhora na circulação sanguínea, acaba prevenindo o aparecimento de celulite.

Drenagem linfática

Como o próprio nome indica, a drenagem auxilia o sistema linfático a trabalhar melhor, filtrando o excesso de líquido e de toxinas que ficaram retidos nos tecidos e devolvendo-o ao sistema circulatório. Com esse processo funcionando a todo o vapor, é possível diminuir o inchaço, melhorar a circulação e, consequentemente, a aparência da pele, reduzindo a celulite, gordura localizada, acne, rugas e flacidez.

Sabemos que a celulite é uma inimiga de peso e por isso precisamos investir em informação para combatê-la de forma correta. Misturar os diversos recursos que temos à disposição é melhor o caminho para combater o problema.
Então, não se esqueça dessas dicas e coloque em prática, porque o verão está chegando!

%d blogueiros gostam disto: