Blog cursos 24 Horas

A técnica da drenagem linfática pode proporcionar uma série de vantagens para o corpo, como a eliminação de toxinas e o combate à celulite.

A drenagem linfática é uma das técnicas de massagem mais conhecidas nas clínicas devido à sua simplicidade e aos vários benefícios que ela oferece. Realizada somente com as mãos ou com o auxílio de aparelhos, essa técnica tem como finalidade estimular o funcionamento do sistema linfático, uma complexa rede de vasos que transportam a linfa dos tecidos para o sistema circulatório.

A linfa é um líquido proveniente principalmente do fígado e do intestino composto por água, sais e glóbulos brancos (principalmente os linfócitos, que chegam a 99% das células presentes na linfa). Assim, as funções do sistema linfático são drenar o excesso do líquido que fica entre as células, levar nutrientes absorvidos durante a digestão para o sangue (que vai distribuí-los para os órgãos) e impedir que a linfa carregue micro-organismos pelo corpo, destruindo-os nos linfonodos.

Com essas informações em mente, você já deve imaginar que a drenagem linfática oferece muitos outros benefícios além de combater a celulite, não é mesmo? Confira:

Remoção do excesso de líquidos

Como uma das funções do sistema linfático é justamente remover o excesso de líquido acumulado entre as células, a estimulação dele por meio da drenagem vai aumentar sua capacidade de eliminar esse líquido. Em consequência, essa massagem é capaz de diminuir inchados e estimular a produção de urina, o que ajuda a melhorar o aspecto da celulite.

Ainda, a drenagem linfática melhora a circulação e alivia problemas circulatórios como varizes e varicoses.

Recuperação pós-cirúrgica

Dependendo da liberação do médico, um paciente pode recorrer a sessões de drenagem linfática para facilitar um processo de recuperação pós-cirúrgica. Nesse caso, os benefícios são a estimulação da oxigenação dos tecidos, o que favorece a produção de colágeno e, consequentemente, a cicatrização, a eliminação do excesso de líquidos, a redução de hematomas e até mesmo o alívio das dores.

No caso de lipoaspiração ou abdominoplastia, alguns médicos consideram a drenagem linfática como procedimento obrigatório depois da cirurgia.

Alívio de dores musculares

A drenagem linfática também é benéfica para o alívio de dores musculares que aparecem depois de treinos. Uma das principais vantagens dessa massagem é ajudar o organismo a se recuperar depois de uma corrida, por exemplo, que pode desencadear processos inflamatórios e contraturas.

Além disso, a drenagem pode auxiliar no tratamento de lesões musculares, pois ela estimula a oxigenação e a nutrição dos tecidos e promove a eliminação de resíduos metabólicos. Outro benefício da técnica é o alívio da sensação de “pernas cansadas”.

Redução do inchaço na gravidez

Depois dos três meses de gestação e com aval do obstetra, as gestantes também podem se beneficiar da drenagem linfática. Durante a gravidez, as mudanças hormonais aumentam a tendência da reabsorção de sódio, o que causa retenção de líquidos e inchaço, dois problemas que podem ser aliviados pela drenagem.

No caso das gestantes, as posições recomendadas para realizar a drenagem linfática são deitada de barriga para cima ou deitada de lado, de forma que não haja pressão na barriga.

Relaxamento e bem-estar

Por ser uma massagem realizada de forma suave, a drenagem linfática é capaz de promover o relaxamento de todo o corpo, acompanhado de sensação de bem-estar e alívio do estresse. Lembre-se: se você estiver sentindo dores ou ficar com hematomas, alguma coisa não está saindo como o esperado durante a drenagem, que deve ser feita de forma delicada e indolor.

Cadastre seu Currículo

Créditos: Cursos 24 horas

%d blogueiros gostam disto: