Bill Gates lista seus 5 livros favoritos de 2016

SÃO PAULO – Conhecidamente, Bill Gates é um leitor ávido. Por ano, ele afirma ler 50 livros, dentre os quais costuma escolher seus favoritos e publicar a lista em seu blog pessoal, o Gates Notes. 

Não há restrições para o gosto do bilionário: seus temas em 2016 vão “do esporte tênis aos calçados tênis, de pesquisas genômicas a liderança”. Confira os títulos que geraram insights e prazeres a Gates nos últimos meses:

1. String Theory: David Foster Wallace

Sem tradução para o português, o livro trata de 5 artigos sobre tênis. “Você não precisa jogar ou mesmo acompanhar tênis para amar esse livro”, escreve Gates.

2. Shoe Dog: Phil Knight

Escrito por um dos fundadores da Nike, este título fala sobre o caminho para o sucesso e suas facetas menos lembradas, em um mundo “bagunçado, precário e guiado por erros”. Sem tradução.

3. O Gene: Siddhartha Mukherjee

O autor, médico, pesquisador e professor fala sobre “o passado, presente e futuro da ciência genômica, com foco especial em enormes questões éticas”, descreve Gates. Título original: The Gene.

4. The Myth of the Strong Leader: Archie Brown

Embora lançado em 2014, Gates acredita que as eleições norte-americanas deste ano trouxeram à tona a relevância deste título. Ele fala sobre liderança política durante mais de 50 anos. “Brown mostra que os líderes que fazem as maiores contribuições para a história e a humanidade geralmente não são aqueles que reconhecemos como ‘bons líderes’”.

5. The Grid: Gretchen Bakke

Citado na lista como menção honrosa, o livro é, segundo Gates, do gênero “livros sobre coisas mundanas que na verdade são fascinantes”. Ele fala sobre redes elétricas e modernidade, e também não tem tradução para o português.

Bill Gates no México - 13/02/13

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: