Associação de franquias vê redes mais ‘conservadoras’

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) considera que a maioria das redes de franquias está mais “conservadora” quanto aos planos de expansão em número de lojas para 2014. A presidente da entidade, Cristina Franco, afirmou que o calendário atípico do ano afeta os planos. Ela participou de evento com varejistas em São Paulo.

 

Cristina respondeu sobre o ambiente de confiança dos empresários. “Não vejo as empresas pessimistas, porém mais conservadoras na expansão da rede”, ponderou. Na avaliação dela, o foco até o final do ano estará em aumentar a produtividade de lojas já abertas.

 

A entidade ainda não reuniu os números dos resultados dos associados no segundo trimestre do ano, mas no primeiro trimestre houve alta de 10% no faturamento. A executiva considerou que eventos como a Copa do Mundo e o efeito calendário da Páscoa (em abril este ano ante março em 2013) tendem a alterar os resultados. Ela afirmou que as redes mais beneficiadas pela Copa foram as de food service, enquanto franquias de educação e treinamento ficaram prejudicadas pelas férias antecipadas.

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: