Após confirmação de fraude, ministro da Educação fala sobre possível cancelamento do Enem

SÃO PAULO – O ministro da Educação, Mendonça Filho, descartou nesta quinta-feira (1) a hipótese de o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2016 ser cancelado após ser confirmado pela PF o vazamento da prova antes de sua aplicação.

Os alunos que não realizaram a prova na data oficial, por conta das ocupações dos estudantes em escolas onde a prova seria realizada, realizarão a prova neste final de semana, dias 3 e 4. Segundo informações do G1, o ministro afirmou que o vazamento da prova “é um fato isolado” e que o exame está preservado.

“Não vamos de forma algum prejudicar milhões de brasileiros com relação a um fato que foi tentado em termos de fraude e uma ação isolada e identificada pela Polícia Federal”, disse.

Após relatório da PF que confirmava a fraude no Enem, o procurador da República Oscar Costa Filho, do MPF-CE (Ministério Público Federal do Ceará) afirmou que solicitaria a suspensão da prova em todo o Brasil. O ministro criticou Costa Filho pela proposta, afirmando que “não há razão para suspender ou cancelar o exame”.

Mendonça Filho

Créditos: Infomoney

%d blogueiros gostam disto: