Apesar da crise, gasto do brasileiro com o Natal permanece alto

Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Ernesto Neves, Gabriel Mascarenhas e Pedro de Carvalho

Roupas e calçados são os itens mais procurados para presentes

Por
Pedro Carvalho

access_time

15 dez 2016, 06h25 – Atualizado em 15 dez 2016, 06h33

Mesmo com um cenário econômico incerto, o gasto do brasileiro com o Natal não deve ser baixo. O valor médio com os presentes caiu neste ano, se comparado com 2015, mas permanece alto: R$ 758 contra os R$ 968 do ano passado. Pelo menos é o que indica alguns dados exclusivos do Google.

É difícil encontrar alguém que vai deixar a data passar batido: 93% compraram ou pretendem comprar algo neste fim de ano.
Além disso, cerca de 38% declararam já ter comprado presentes pensando na data, número este que era 11% em 2015 no mesmo período. Apesar disso, sempre acaba faltando algo: 9 em cada 10 pessoas que já fizeram as compras para o Natal pretendem ir novamente às compras.

Na liderança da intenção de presentes, roupas e calçados são os produtos mais procurados. Um pouco mais da metade (52%) das pessoas pretendem encontrar seus presentes em lojas físicas, contra os 86% que vão comprar pela internet.

Créditos:

VEJA